quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

Bolacha


Imagem: Dos autores do blog <www.paoecerveja.blogspot.com>


Ganhei de presente do meu ilustre amigo, Raphael Tonera, uma Bolacha, cuja foto ilustra o início desta postagem. Obrigado pelo grandioso presente, Rapha!!

A Bolacha foi trazida da cidade de Alegrete, estado do Rio Grande do Sul, por parentes do Raphael.

Imagem: Google Earth



Em agosto, fiz a postagem Bolacha (Galleta) , na qual mostrei um produto panificável que havia ganho do Léo, proveniente da cidade de Santana do Livramento, também do estado do Rio Grande do Sul, na divisa com o Uruguai. O interessante é que Livramento, emancipou-se de Alegrete em 1857, segundo o site Raízes do Sul. E, segundo Google Maps, somente 177 quilômetros separam as duas cidades gaúchas (conferir no mapa acima).

Apesar dos dois produtos terem a mesma denominação, eles não possuem a mesma forma. O sabor é parecido: gosto pão de trigo torrado.

Imagem: Dos autores do blog <www.paoecerveja.blogspot.com>

A Bolacha desta postagem é formada por três retângulos sobrepostos que sofreram uma dobradura de dois, resultando em três retângulos dobrados ao meio. Entretanto, se observarmos bem a foto, veremos que cada um destes retângulos é elaborado com um tipo de massa folhada, o que confere um aspecto peculiar ao produto.

5 comentários:

Anônimo disse...

Tenho muita saudades dessas bolachas. Além da receita já postada por ti. Sabes onde tem alguma outra???

Jean disse...

Prezado Anônimo,

Não sei aonde exitem outras receitas. Esclareço-lhe, que as receitas que postei são de biscoitos semelhantes. Receitas autênticas de bolacha (galheta),as procurei quando fiz a primeira postagem, mas não obtive sucesso.

Obrigado pela visita. Caso você encontre, favor entrar em contato.

Um abraço,

Jean Claudi.

Anônimo disse...

Estas bolachas lembram a minha infância. Atualmente moro em Salvador, Bahia, mas nasci e cresci em Alegrete, RS. Jamais vi estas bolachas em outras instâncias. Acho que são uma exclusividade do Sul. Eu chegava a devorar duas (e olha que elas são grandes) no café da manhã... Recordar é viver.

Jean disse...

Prezado Anônimno,

Você tem razão, recordar é viver... Não sei se as bolachas são exclusivas do Rio Grande do Sul. Aqui em Florianópolis, Santa Catarina, havia quando eu era criança (não sei se ainda existe) um biscoito muito seco, cujo sabor é bem semelhante ao das bolachas em questão. Conforme mencionei numa outra postagem aqui do Pão e Cerveja, creio que tais produtos eram próprios para acondicionamento do alimento, devido à baixa umidade, e descobrie que foram utilizados pelas populações mais antigas, inclusive usados nas grande navegações marítimas...
Era isso, muito obrigado pela visita. Volte sempre ao Pão e Cerveja.
Um abraço,

Jean Claudi.

Anônimo disse...

Esse tipo de pão "bolacha" até onde eu sei só é feito na fronteira oeste do RS. Esta da foto em Alegrete é conhecida como "bolacha torrada" pois lá existem muitas outras variedades que não encontramos nas demais regiões do estado.